Coluna Seabra Neto

Entrevista: Antonio Carlos Vieira, presidente do Sinapro, fala sobre as novidades do PPP 2017

09 ago 2017 por Seabra Neto

O publicitário Antonio Carlos Vieira, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda de Pernambuco – Sinapro-PE e idealizador do Prêmio Pernambuco de Propaganda – PPP, concedeu entrevista exclusiva para a coluna  e falou   sobre as novidades da premiação. Evento consolidado no mercado publicitário, o PPP 2017, cujas inscrições já estão abertas, tem o apoio da Globo Recife. Saiba mais acompanhando a entrevista:

Seabra Neto – O Sindicato das Agências de Propaganda de Pernambuco – Sinapro lançou o VIII Prêmio Pernambuco de Propaganda – PPP. Quais são suas expectativas para esta edição de 2017?

Antonio Carlos Vieira – Pelo sucesso da edição de 2016 e das presenças dos diretores e profissionais das agências no dia do lançamento do PPP 2017, que ocorreu semana passada no Bar Escritório, em Casa Forte, calculamos que são as melhores possíveis. Faremos, sim, mais um grande prêmio para o mercado publicitário de Pernambuco.

Seabra Neto – De acordo com o regulamento, quais são as novidades da premiação deste ano?

Antonio Carlos Vieira – O regulamento é único. Geralmente, a cada ano, sofre pequenos ajustes que são sugeridos pela comissão que coordena o PPP. Nesta edição, apenas a categoria Digital traz, de fato, mudanças mais significativas.

Seabra Neto – Quem pode se inscrever e até quando vão as inscrições?

Antonio Carlos Vieira –  Todas as agências pernambucanas filiadas ao Sinapro-PE e à Abap-PE. Os publicitários interessados em participar do prêmio podem efetuar suas inscrições, através do site: http://www.pppe.com.br/index.php, até o dia 22 de agosto, nas seguintes categorias e plataformas: TV e Cinema, Jornais e Revistas, Comerciais de Rádio, Digital, Outdoor e Busdoor, Mídia Out-Of-Home, Campanhas e Promoção.

Seabra Neto – Com o atual cenário econômico, qual sua expectativa em relação ao número de inscrições?

Antonio Carlos Vieira – Fica difícil  calcular,  mas estamos confiantes. Pelo interesse que o prêmio desperta, hoje, no mercado e por ser uma referência da qualidade criativa das nossas agências e uma vitrine para os profissionais que atuam em nosso mundo publicitário, imaginamos que poderá haver boas e positivas surpresas no número de inscrições. Vamos aguardar.

Seabra Neto – O PPP também lançou a campanha de divulgação da premiação, que nesta edição foi criada pela Ampla, por ter sido a agência vencedora de 2016. Qual a avaliação que você faz da ação e em quais mídias  está sendo veiculada?

Antonio Carlos Vieira – Muito positiva. Aliás, nesse aspecto, o PPP tem tido, desde  seu início, excelentes campanhas de  divulgação. Esta atual, criada pela Ampla, é mais um bom exemplo disso. Quanto às mídias, todos os meios de comunicação abraçam nosso prêmio, veiculando  da melhor forma,  tanto no Recife quanto no interior do estado.

Seabra Neto – Teremos alguma novidade em relação ao júri? Quando será a reunião e  quem são os jurados?

Antonio Carlos Vieira – No formato, basicamente não. Mas, nesta edição, vamos ter um novo coordenador do júri: o renomado publicitário Luiz Carlos Costa, homem de muita competência para isso. Quanto aos jurados, serão três procedentes do mercado publicitário do eixo Rio de Janeiro e São Paulo, sendo dois deles premiadíssimos, inclusive um com três Lions no último Festival de Cannes. Cinco  virão da Bahia e de Fortaleza, e outros cinco daqui de Pernambuco, todos conhecedores do assunto e com competência para analisar as peças concorrentes inscritas. Em breve, anunciaremos  todos.

Seabra Neto – A categoria Jovens Talentos é uma ação que também vem dando certo dentro do prêmio e ajudando instituições filantrópicas. Qual será a beneficiada  e  o tema desta campanha?

Antonio Carlos Vieira – Sim. Isso foi uma iniciativa criada pelo PPP que deu muito certo. Além de beneficiar sempre uma instituição carente, atraímos para dentro da premiação o lado acadêmico do nosso negócio, aproximando-o da nossa prática. Nesta edição, a campanha segue o briefing: Agora, somos nós que pedimos a você!  e será destinada para ajudar o Abrigo Cristo Redentor, no Curado.

Seabra Neto – Para encerrar, qual o balanço que você faz do PPP?

Antonio Carlos Vieira – Sem nenhuma sombra de dúvidas, altamente positivo. Foi um desafio vencido pelo Sinapro, com apoio de vários parceiros e  reconhecimento do mercado publicitário de Pernambuco.

Veja outras notícias da coluna acessando o link: http://mercadonoar.com.br/categoria/coluna