Notícias

Fora do Job: redatora digital da Mídia 10 mostra talento na costura

23 mar 2017 por Mercado no Ar

A redatora digital da Mídia 10 Comunicação, Nane Gomes, tem uma rotina agitada. Diariamente, ela precisa criar campanhas e conteúdos nas redes sociais para os clientes da agência. Porém, “fora do job”, a criação de Nane é direcionada para um trabalho um pouco diferente. Tendo tecidos como matéria-prima, ela modela, corta, ajusta e costura peças de roupas. Ao lado da prima Sarah Mateus, que é designer de moda, comandam juntas o Plena Studio (@souplena, no Instagram).

Nane explica que essa história começou muito despretensiosamente, a partir da necessidade de ajustar uma roupa. “Eu sempre trabalhei em agência desde a época do estágio e nunca tinha me interessado por costura. Só fazia pequenos reparos à mão mesmo, mas os mais complicados sempre confiava às costureiras. Há um ano e meio precisei fazer a barra de uma calça e a profissional não conseguia me entregar a tempo, então decidi fazer só! Abri um tutorial na internet, tirei a capa da máquina de costura da minha avó e mandei ver”, explica.

maquina no ar (2)

Máquina de costura utilizada por Nane

A partir desse dia, a publicitária começou a ganhar mais confiança e o interesse por costura foi crescendo. “Logo depois disso fui fazendo ajustes em outras peças até pensar em fazer uma do zero. Foi um short de algodão que deu super errado. Tive de refazer umas três vezes até ele caber no meu corpo!”, relembra.  Quando já estava com mais prática, começou pelas peças mais simples até resolver levar as costuras pra rua, vendendo saias, blusas e “kimono jackets”.

Com a chegada do Carnaval, Nane e Sarah tiveram a ideia de expandir os negócios e foi aí que surgiu a Plena Studio. “A Plena surgiu da vontade de produzir peças com modelagens simples e confortáveis para brincar o Carnaval. Observamos a oportunidade de mercado que essa época do ano traz e resolvemos investir em kimonos de lamê e paetê para compor o look carnavalesco dos foliões”. No espaço, a dupla cuida de tudo: modelagem, costura, entregas e até produção de conteúdo para a divulgação da marca nas redes sociais.

kimono

Kimonos produzidos na Plena Studio

kimono 2

Nane explica que a rotina é cansativa, mas que mesmo assim pretendem dar continuidade à produção. “Dá trabalho sim. Levamos um tempo até entender o tecido e decidir os melhores acabamentos. Agora o que toma mais tempo é o atendimento aos clientes e a produção das peças, que são feitas no terceiro turno, após o expediente na agência! Passado o carnaval, planejamos produzir novas peças com a mesma proposta, modelagens simples e confortáveis. Os kimonos vão continuar, mas em outros tecidos”, conta.

com edição (2)

Nane Gomes, publicitária e uma das criadoras da Plena Studio

Se você também é publicitário e tem uma atividade interessante que realiza #foradojob, envie uma sugestão para o Mercado no Ar através do e-mail mercadonoar@tvglobo.com.br.