Coluna Seabra Neto

Publicitária pernambucana vai compor o Grupo de “Young Lions” em Cannes

06 jun 2018 por Seabra Neto

A publicitária pernambucana Carolina Menucci, também formada em International Business, vai compor o seleto grupo de Young Lions, formado por jovens talentos do mundo inteiro, durante o “Festival de Cannes Lions 2018”, que acontecerá na Riviera francesa, de 18 a 24 de junho. A profissional viajará a convite da DH,LO Creative Boutique, comandada pelo criativo e professor Daniel da Hora, que a entrevistou, com exclusividade, para a coluna de hoje. Acompanhe:

Daniel da Hora – O “Cannes Lions” é o maior festival de criatividade do mundo e, neste ano, comemora 65 anos. Como foi receber a notícia de participar como “Young Lions” no evento em 2018?

Carolina Menucci – Embora o festival aconteça há 65 anos, minha compreensão sobre o evento é bastante limitada, porque não venho de uma família voltada para a criatividade nem me formei em nenhum curso criativo.  É uma pena que tenha demorado tanto tempo para descobrir isso, mas estou disposta a compensar e estou extremamente feliz de poder experimentar em primeira mão.

Daniel da Hora – O “Cannes Lions” tem, a cada ano, se aproximado do mercado da Tecnologia e da Inovação. Você é de uma geração em que o digital já faz parte da vida de forma natural. O que espera ver a respeito dessa discussão no festival?

Carolina Menucci – Eu vejo a criatividade como uma maneira de encontrar soluções diferentes e inovadoras para problemas da vida real. Está enraizada na maneira como pensamos e nos comportamos. O mundo digital é, agora, o nosso mundo. A tecnologia é a ferramenta que nos ajuda a chegar lá, ajuda-nos a resolver os problemas da vida cotidiana no espectro mais amplo e diversificado. Por isso, não vejo uma realidade em que a criatividade e a tecnologia não andem de mãos dadas para encontrar soluções e não acho que estejamos nem perto de esgotar nossas opções de usar a tecnologia para inovar e tirar o melhor proveito do “mundo digital” e suas possibilidades.

Daniel da Hora – Você estudou International Business, mas também atua na parte de conteúdo. Como vê o papel das marcas e a possibilidade que elas têm de usar branded content e ativações mais inteligentes, capazes de engajar e conectar públicos cada vez mais exigentes?

Carolina Menucci – Acho que a maioria das marcas ainda não percebeu que elas já têm o ingrediente mais difícil para criar conteúdo, o ingrediente-chave. Uma marca é uma mistura de um produto ou serviço, uma inspiração, uma história (a sua própria ou mesmo a do consumidor). Um motivo ou incentivo, um estilo de vida específico e assim por diante. Isso em si é conteúdo. Há tanta coisa que uma marca pode comunicar e que pode fazer isso de maneira honesta e inteligente se implementada na plataforma correta, com o influenciador certo, para o usuário certo (ou visualizador) e no momento certo. Eu também acredito que a hora é agora.

Daniel da Hora – Qual sua expectativa em relação ao festival como um todo? O que pretende focar mais: em premiações, palestras ou networking?

Carolina Menucci – Eu vejo o “Cannes Lions” como uma ótima oportunidade para aprender e estar atualizada com as novidades. Então, definitivamente as palestras.

Daniel da Hora – A DH,LO tem sido uma das maiores parceiras do “Cannes Lions” há quase uma década. Como uma “Young Lions”, o que pretende fazer para compartilhar esse conhecimento e essa experiência de estar em um festival como este?

Carolina Menucci – Como dissemos anteriormente, sou um “Young Lions” e nasci com uma mentalidade voltada para o digital, então, definitivamente, irei compartilhar em mídias sociais. Eu planejo levar essa experiência ainda mais para a minha carreira.

Daniel da Hora – Além da colaboração com a DH,LO e sua carreira de publicitária, que outros projetos você tem?

Carolina Menucci – Estou lançando dois sites muito em breve, um sobre o cenário cultural na cidade em que moro e outro sobre o trabalho criativo em nossa região do Brasil. Eu também estou bastante fascinada com a quantidade de insight e inspiração que um passatempo bobo pode lhe trazer, então eu me concentro bastante na minha música e na minha fotografia também.

Veja outras notícias da coluna acessando o link: http://mercadonoar.com.br/categoria/coluna